Temer admite estar com obstrução parcial em artéria do coração
por msn - publicado em 21/10/2017 às 12:10
O presidente Michel Temer admitiu, em entrevista ao site “Poder360” divulgada nesta sexta-feira, ter sido diagnosticado com uma obstrução parcial de uma artéria coronária, mas tentou mostrar tranquilidade.

— Obstrução parcial que é comum. Eu vejo muitas pessoas que têm essa obstrução e vivem normalmente. A receita foi: “Olha, tome aspirina infantil que é bom para fluir melhor o sangue e de tempos em tempos faça um exame, que se aumentar a obstrução tem que fazer um cateterismo”.

Há dez dias, quando foi revelado pela “Rede Globo” que o presidente deveria passar por um cateterismo após a votação da denúncia contra ele na Câmara, o Palácio do Planalto afirmou que não havia previsão de intervenção no presidente. Indagado se teria medo de passar pelo procedimento cirúrgico, Temer negou.

— Não. Nunca tive.

Temer estaria com uma artéria coronária 55% obstruída e disse usar um medicamento importado dos EUA, mas da marca alemã Bayer. Ele afirmou que caso a obstrução evolua “para 65%” será o caso de fazer um cateterismo.
Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários
Publicidade
Publicidade