Lula afirma que vai reivindicar do PT candidatura em 2018: 'eu tô no jogo'
por 180graus - publicado em 13/07/2017 às 17:07

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em coletiva concedida no início da tarde desta quinta-feira (13/07), que vai reivindicar ao PT a sua candidatura à presidência da República em 2018.

"Se alguém pensa, que com essa sentença, me tiraram do jogo, podem saber, que eu tô no jogo. Quero dizer ao meu partido, que eu ainda não tinha reivindicado, mas a partir de agora, eu vou reivindicar do PT, o direito de me colocar, como postulante à candidatura para presidente da República [sic]", disse.

Condenado em sentença proferida pelo juiz federal Sérgio Moro, Lula sabe que terá algumas batalhas, principalmente para que sua possível candidatura não seja impedida.

"Você vai ter um candidato, com problema jurídico nas costas", afirmou, dirigindo-se à presidente do partido, senadora Gleisi Hoffmann.

Lula manteve seu discurso de que não há provas contra ele e criticou a peça condenatória assinada pelo juiz Moro. Também desafiou a mídia e "seus inimigos" a apresentarem provas contra ele, sobre as acusações feitas pelos procuradores da Lava Jato.

Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários
Publicidade
Publicidade