Filipe Toledo conquista o título do Hurley Pro Trestles e entra para a história como o primeiro brasileiro a vencer a prova
por waves - publicado em 15/09/2017 às 18:09

Filipe Toledo vence o Hurley Pro Trestles 2017. Foto: WSL / Rowland.

O show brasileiro foi completo nesta sexta-feira em Trestles (EUA). Depois da brilhante vitória de Silvana Lima no Swatch Pro, Filipe Toledo derrotou o sul-africano Jordy Smith na finalíssima do Hurley Pro, tornando-se o primeiro brasileiro a vencer a categoria masculina da tradicional etapa californiana do Championship Tour.


Esta era a única prova da elite mundial que ainda não havia sido vencida por brasileiros.

Para escrever mais um capítulo na história do surfe brasileiro, Filipinho procurou não esperar muito pelas séries demoradas em Lowers, saindo na frente de Jordy com 4.67 e 5.23, para depois disparar na liderança com 8.00 e 7.67.

Atual líder do ranking mundial e defensor do título da prova, Jordy manteve a estratégia da semifinal e procurou esperar pelas melhores ondas.

Em sua primeira onda expressiva, o sul-africano arrancou 9.00 pontos dos juízes, passando a buscar 6.67.

O tempo foi passando e o flat tomou conta do outside, deixando o clima dramático na praia. Nos últimos segundos, Jordy usou a prioridade em uma espumada e caiu, para delírio da torcida brasileira.

1400x910
Filipinho é o primeiro brasileiro a faturar uma etapa da elite mundial masculina em Lowers. Foto: WSL / Morris.


Além de embolsar US$ 100 mil pela vitória, Filipinho sobe duas posições no ranking do Tour, passando de nono para sétimo. Vale ressaltar que o ubatubense não participou do Fiji Pro, devido a uma suspensão pela indisciplina cometida em Saquarema (RJ).

O melhor brasileiro ainda é Adriano de Souza, que manteve o sexto lugar depois de parar nas quartas de final em Trestles.

Já Gabriel Medina perdeu uma posição e agora é o oitavo colocado.

Com o vice-campeonato em Trestles, o sul-africano Jordy Smith ampliou a vantagem em relação ao vice-líder, John John Florence. Agora, a distância é de 2.450 pontos.
 
Revanches

Filipe e Jordy estavam empatados em confrontos homem a homem na elite mundial, com três vitórias para cada lado. 

No ano passado, Jordy derrotou o brasileiro na semifinal em Trestles. Este ano, o líder do Tour já havia levado o troco nas quartas de final do J-Bay Open, em seu próprio país, durante a brilhante campanha de Filipe Toledo na etapa sul-africana.

Quem também vinha de batalhas acirradas com o brasileiro e se deu mal nesta sexta-feira foi Kanoa Igarashi, que havia derrotado Filipe em dois confrontos marcados por interferência do ubatubense logo no início da bateria. 

Nas quartas de final do Hurley Pro Trestles, Filipe Toledo não deu chance alguma ao californiano e venceu com larga vantagem (15.26 a 11.10).

1400x879
Jordy Smith amplia vantagem na corrida pelo título da temporada. Foto: WSL / Rowland.

 
Na semi, a vítima de Filipinho foi o havaiano John John Florence, atual campeão mundial. Eles já haviam se enfrentado em duas baterias homem a homem no Tour e o brasileiro perdeu em ambas as ocasiões (Peniche, em 2013, e França, em 2016). 

Desta vez, Filipe Toledo levou a melhor com 14.90 pontos, contra 12.66 de John John, que, assim como Jordy na final, esperou demais pelas séries. O havaiano só conseguiu surfar uma onda expressiva nos minutos finais, quando obteve 7.83 e diminuiu a diferença, mas de nada adiantou.

Confira mais detalhes em nossas próximas atualizações.

Resultado do Hurley Pro Trestles 2017

1 Filipe Toledo (BRA)
2 Jordy Smith (AFR)
3 Adrian Buchan (AUS)
3 John John Florence (HAV)
5 Adriano de Souza (BRA)
5 Frederico Morais (POR)
5 Jeremy Flores (FRA)
5 Kanoa Igarashi (EUA)

Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários
Publicidade
Publicidade