CSA (4) 0 x 1 (2) São Bento - Mutange sofre, mas está na final da Série C
por futebolinterior - publicado em 08/10/2017 às 06:10

Foto/ Jesus Vicente

Maceió, AL, 07 (AFI) - Foi no sufoco, mas o CSA está classificado para a grande final da Série C do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), o time de Flávio Araújo entrou com uma proposta mais defensiva e perdeu durante o tempo normal para o São Bento por 1 a 0, gol de Everaldo. Mas graças ao goleiro Pedro Mota conseguiu vencer nos pênaltis por 4 a 2 e garantiu uma vaga para enfrentar o Fortaleza na grande decisão.

Diferente do futebol que apresentou em todo o campeonato, o São Bento entrou em campo neste sábado com uma postura muito mais ofensiva, enquanto o CSA acertou a postura defensiva para fechar os espaços do adversário. As primeiras oportunidades do jogo foram em bolas alçadas à grande área, com o goleiro Rodrigo Viana aparecendo providencialmente para afastar o perigo.

Em resposta, numa cobrança de escanteio, Rogério apareceu livre na grande área para testar por cima do gol de Mota. O São Bento tentava de alguma forma furar o bloqueio do CSA, que parecia jogar com o regulamento debaixo do braço. A arma do time de Sorocaba era jogar em velocidade pelos lados, nas costas dos laterais, abrindo espaço para quem chega de trás, levando perigo ao adversário.

TRISTE...

Ao fim do primeiro tempo o estádio Rei Pelé protagonizou uma cena triste para o futebol brasileiro. Os jogadores do São Bento tiveram que passar todo o intervalo no gramado, porque o vestiário visitante estava sem energia e com um disjuntor queimado. O CSA, por outro lado, aproveitou o tempo para conversar com seus jogadores e reposicionar o time.

HAJA CORAÇÃO

Com o início do segundo tempo o time da casa voltou com a mesma proposta de jogo, atuando nos contra-ataques e brechas que o adversário poderia deixar. O São Bento conseguia criar oportunidades de gol, mas tinha dificuldade para finalizar. Em dois cruzamentos para a grande área a bola ficou viva entre a marcação, mas ninguém apareceu para dar o último toque.

Em resposta, o meia Daniel Costa finalizou de fora da área e levantou a torcida do CSA, que viu a bola explodir no travessão de Rodrigo Viana. Heroi do acesso, o atacante Anderson Cavalo voltou a mostrar seu temperamento intempestivo. Aos 13 minutos ele se desentendeu com Dawhan em uma falta no meio campo e recebeu o cartão amarelo. Pouco tempo depois, aos 20, puxou a camisa de Edinho e foi expulso de campo.

INTENSIDADE

Mesmo com um jogador a menos em campo o São Bento conseguiu manter a pressão em busca do primeiro gol. Paulo Roberto Santos sacou Éder e Cassinho para as entradas de Branquinho e Rennan Oliveira, mantendo a referência no campo de ataque e adicionando um pouco mais de velocidade ao time. O CSA, com um futebol muito mais pragmático, buscava espaço em trocas de passes ou bolas alçadas na grande área.

 

Everaldo fez 1 a 0 de pênalti e levou decisão para as penalidades
Everaldo fez 1 a 0 de pênalti e levou decisão para as penalidades
Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários