CSA 1 x 0 Tombense - Azulão festeja semifinal e segundo acesso seguido no Brasileiro
por futebolinterior - publicado em 26/09/2017 às 05:09

Alisson Frazão/RCortez/CSA

Maceió, AL, 25 (AFI) – O CSA confirmou a quarta vaga nas semifinais do Campeonato Brasileiro da Série C, nesta noite, ao vencer o Tombense, por 1 a 0, no lotado estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). No jogo de ida, o time alagoano já tinha vencido por 2 a 0, por isso entrou em campo com grande vantagem.

Este jogo foi transmitido, ao vivo, pela Rádio Digital FUTEBOL INTERIOR com narração de Carlos Corsato, com comentários de Luis Fabiani e Placar ao Vivo e Plantão com Marcelo Corsato. (As fotos são de Alisson Frazão / RCortez / CSA)

 

DUELOS SEMIFINAIS
Além de chegar às semifinais, o CSA garantiu o acesso para a Série B em 2018, fazendo companhia a Sampaio Corrêa, Fortaleza e São Bento. Eles vão ocupar as vagas dos rebaixados: ASA e Moto Club no Grupo A; Mogi Mirim e Macaé no Grupo B.

Este é o segundo acesso seguido do CSA que ano passado subiu da Série D, junto com o São Bento. O time alagoano disputou oito vezes a segunda divisão nacional, a última em 1992. Mas nenhuma vez no novo formato do futebol brasileiro, criado em 2003.

As duas semifinais também estão definidas. O CSA vai enfrentar o São Bento em dois jogos, com o primeiro sendo disputado em Sorocaba (SP) e o segundo em Maceió. Acontece que o CSA tem melhor campanha: 38 a 35 pontos. O Sampaio também leva vantagem em cima do Fortaleza. O gol fora continua valendo como critério de desempate.

PANELA DE PRESSÃO
Na verdade o jogo começou bem antes do apito do árbitro carioca Pedro Bassol. A chegada da torcida do Azulão criou cenas de muita emoção, com milhares de torcendo entrando no estádio Rei Pelé com as cores do clube: azul e branco.

O time já fez aquecimento neste clima e depois sentiu na pele a emoção na entrada antes do jogo, com o grito da torcida e até com um painel nas arquibancadas.

 

Com todo este cenário, o gol saiu rápido. Aos 16 minutos, Raul desceu pelo lado esquerdo e cruzou em direção à pequena área. Pegou Edinho sozinho, de frente, só tendo o trabalho de dar um tapinha de chapa para as redes.

PÁ DE CAL
O gol caiu como uma pá de cal no ânimo do Tombense, que precisa fazer 2 a 0 para levar a definição para os pênaltis. Tanto que depois disso, o jogo ficou morno.

O CSA valorizou a posse de bola e a tombense não teve forças para chegar ao ataque. Só chuto uma vez no primeiro tempo, aos 43 minutos, quando Maradona arriscou de longe e Mota encaixou no meio do gol.

MAIS NERVOSISMO
No segundo tempo o jogo ficou ‘mais pegado’. Por isso, o árbitro aplicou vários cartões amarelos para serenar os ânimos.

O CSA ficou na espera de aproveitar algum contra-ataque, mas na verdade não sofreu pressão do time mineiro.

O tempo foi passando e a torcida na espera de comemorar o acesso à Série B. A festa do Azulão com certeza se estendeu pela noite toda na capital alagoana. Mais de 16 mil torcedores apoiaram o time nesta decisão.

Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários
Publicidade
Publicidade