CRB 2 x 2 Náutico - A ameaça da degola continua!
por futebolinterior - publicado em 18/10/2017 às 06:10

Reprodução

Maceió, AL, 17 (AFI) - Uma partida para lá de emocionante, mas o resultado final acabou não sendo bom para ninguém. O empate por 2 a 2 no Estádio Rei Pelé, na noite desta terça-feira, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, mantém o Náutico na penúltima colocação e o CRB com chances de rebaixamento.

O CRB, que ficou duas vezes atrás do placar na partida, tem 37 pontos e terminou a rodada na 14ª colocação. A diferença para a zona de rebaixamento é de apenas dois. A situação do Náutico é ainda mais delicada. Na penúltima colocação, com 27, o o time pernambucano depende de um milagre para escapar da degola.

QUEM NÃO FAZ TOMA!

O CRB partiu com tudo para cima do Náutico e criou várias oportunidades. Logo aos sete minutos, João Paulo bateu forte e Jefferson fez grande defesa. Na sequência, o goleiro alvirrubro voltou a trabalhar em cabeçada de Zé Carlos. Edson Ratinho também levou perigo em uma finalização cruzada pela linha de fundo. O Timbu não conseguia jogar e era encurralado pelo adversário.

Yuri recebeu dentro da área e bateu rente a trave. Aos 24, João Paulo recebeu de Edson Ratinho e finalizou colocado. Jefferson se esticou todo, mas não conseguiria fazer a defesa se a bola tivesse endereço certo. E, na primeira subida do Náutico, o placar foi aberto. Sueliton arriscou de longa distância e contou com um frango de Edson Kölln, que espalmou para dentro do gol.

A pressão do CRB continuou mesmo depois do Náutico abrir o placar. Aislan afastou mal cruzamento de Ratinho e Danilo Pires mandou de primeira na rede pelo lado de fora. Aos 47, João Paulo ficou com a sobra e soltou uma bomba no ângulo de Jefferson, que dessa vez não conseguiu fazer a defesa.

QUE EMOÇÃO
Na volta do intervalo, Rafael Ribeiro aproveitou escanteio cobrado por Giovanni e cabeceou para fora, levando perigo ao goleiro Edson Kölln. Após o susto, o CRB respondeu em dois lances seguidos. Elvis cobrou escanteio e Zé Carlos cabeceou para outra defesa de Jefferson. Aos 14, Flávio Boaventura arriscou de longa distância e mandou por cima.

Aos poucos, o Náutico conseguiu controlar as ações do CRB, que tinha mais posse de bola, mas não conseguia criar tantas oportunidades igual ao primeiro tempo. Edson Ratinho cruzou e Neto Baiano só não conseguiu completar de cabeça porque Aislan chegou antes.

Depois foi a vez do Timbu levar perigo. Leilson arriscou de fora da área e Edson Kölln se redimiu do frango no primeiro tempo e espalmou para escanteio. Aos 36 minutos, Flávio Boaventura furou na hora de cortar e Bruno Mota, com o gol aberto, colocou o Náutico mais uma vez na frente do placar.

O empate do time alagoano veio três minutos depois. Jefferson falhou ao tentar segurar a bola e soltou nos pés de Neto Baiano, que dominou e bateu para o gol aberto. Nos acréscimos, o CRB ainda teve um gol anulado pelo arbitragem.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na sexta-feira pela 31ª rodada. O CRB recebe o Boa Esporte, às 20h30, no Rei Pelé, em Maceió. No mesmo horário, o Náutico enfrenta o lanterna ABC, no Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.

Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários