“Cartão Bem Legal é essencial para meia passagem”, alerta prefeito
por Assessoria - publicado em 13/06/2017 às 08:06

Prefeito Rui Palmeira. Foto:Marco Antonio/Secom Maceió

O prefeito Rui Palmeira afirmou, na segunda-feira (12), que o cartão Bem Legal Cidadão é imprescindível para fazer uso do benefício da meia passagem aos domingos, no projeto Domingo é Meia. Implantado pela Prefeitura de Maceió, o projeto passa a vigorar no próximo dia 25.

De acordo com o prefeito, o Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (Simm) estará pronto para conceder o desconto de 50% aos domingos, a partir do dis 25 deste mês. “O cartão Bem Legal Cidadão é fundamental, porque a Prefeitura vai custear o Domingo é Meia com recursos próprios. É a maneira mais efetiva para fazer o controle do uso da meia passagem, não permitindo falcatruas e, principalmente, que o cidadão tenha o benefício comprometido”, pontuou o prefeito.

Ele lembra que a bilhetagem eletrônica também é necessária para a segurança do usuário do transporte público. “Nós entendemos que o incentivo à adesão ao cartão Bem Legal Cidadão é bom também para diminuir o uso do dinheiro nos coletivos de Maceió, bem como os casos de assaltos”, acrescentou Rui Palmeira.

O Projeto Domingo é Meia já foi sancionado pelo prefeito e está publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 08. “É mais uma ação fruto de muito esforço do Executivo para beneficiar os usuários do transporte público. Com o Domingo é Meia, aos domingos, serão beneficiados trabalhadores, muitos que precisam pegar vários ônibus e agora terão uma economia maior e as famílias que poderão seguir para o domingo de lazer na praia, por exemplo, pagando somente metade da tarifa”, destacou o prefeito.

Cartão é gratuito 

O cartão Bem Legal Cidadão pode ser solicitado nas unidades da Transpal do Centro e do Tabuleiro dos Martins, no terminal integrado do Benedito Bentes e no Já Mangabeiras. O cartão é gratuito e para solicitá-lo, é preciso apresentar os documentos originais de identidade e CPF.

Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários
Publicidade
Publicidade