Caravana "Lula Pelo Brasil" é recebida por multidão no Porto das Balsas de Penedo
por Aquiacontece - publicado em 23/08/2017 às 06:08

Foto/Cone Freire

Na presença do senador Renan Calheiros, do governador Renan Filho e do prefeito em exercício de Penedo, Ronaldo Lopes, entre outras autoridades, o ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva (PT) foi recepcionado por milhares de pessoas no Porto das Balsas da cidade ribeirinha.

A caravana "Lula Pelo Brasil” chegou em Penedo, vinda de Sergipe, por volta das 17 horas. Militantes do Partido dos Trabalhadores, sindicalistas, servidores públicos e o povo em geral compareceram à Praça Comendador Peixoto para homenagear o ex-presidente.

Antes da chegada da caravana, apresentações culturais, em comemoração ao Dia do Folclore, deram um toque bastante especial ao evento que seguirá normalmente nesta quarta-feira, 23 de agosto, em Arapiraca, onde o ex-presidente receberá da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), o título de Doutor Honoris Causa.

Ao chegar em Penedo, de lancha, o ex-presidente Lula foi ovacionando pela multidão. Com palavras de ordem como “Lula guerreiro do povo brasileiro”, o petista desembarcou na cidade ribeirinha e seguiu para o trio elétrico, local onde as autoridades discursaram para o público presente.

O senador Renan Calheiros, o governador Renan Filho e o deputado federal Paulão lembraram dos investimentos feitos em Alagoas pelo ex-presidente Lula em seus dois governos e agradeceram em nome dos alagoanos, principalmente pelas ações efetivadas na área da Educação.

Já o prefeito em exercício de Penedo, Ronaldo Lopes, agradeceu, em nome do prefeito Március Beltrão, os projetos criados pelo ex-presidente que beneficiaram muito a cidade ribeirinha, citando o PAC Cidades Históricas, o programa Minha Casa Minha Vida e a interiorização do ensino que possibilitou a vinda do Instituto Federal de Alagoas e da Universidade Federal de Alagoas para a cidade.

Ao tomar a palavra, o ex-presidente agradeceu a recepção do povo ribeirinho e falou sobre a situação pelo qual o país passa na atualidade. Segundo Lula, o governo de Michel Temer não funciona para outra coisa a não ser retirar direitos dos trabalhadores, cortar programas e suspender investimentos.

Lula declarou também que é o ex-presidente com mais títulos de Doutor Honoris Causa do país e que seu maior orgulho é ver a população mais humilde do país ter os mesmos direitos que os mais ricos, podendo, inclusive, frequentar a mesma faculdade, ter o próprio automóvel e realizar o sonho da casa própria.

“Posso não saber administrar, mas sei cuidar do povo. Não sei o que esperar do amanhã, mas tenho minha consciência tranquila e não há nada melhor do que isso. De um coisa vocês podem ter certeza, eu sempre estarei do lado do povo lutando contra esses golpistas que a única coisa que querem é destruir tudo que fizemos”, acrescentou o ex-presidente, arrancando da público presente um eufórico grito de ‘Fora Temer’.

O presidente não falou sobre os processos que responde na Justiça e a recente condenação a mais de 9 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Lula também evitou tocar no nome do juiz Sérgio Moro e reconheceu alguns erros cometidos na área econômica pela presidente Dilma Rousseff. Ele ainda criticou o presidente Temer pelo fim do programa Farmácia Popular e pela venda da Eletrobrás, anunciada recentemente pelo Governo Federal, entre outras coisas.

Depois de Arapiraca, a caravana "Lula Pelo Brasil” seguirá para Maceió e depois partirá para outros estados do Nordeste, somando 4 mil quilômetros de trajeto feito de ônibus. O ex-presidente pretende "revisitar" o povo nordestino, mantendo sua tradição de viajar o país para ouvir e conversar com as pessoas, assim como fez nos anos 70, 80 e 90.

 

Compartilhe
Comente esta notícia
0 Comentários